terça-feira, 23 de março de 2010

O traficante Ropinol de ser sepultado amanhã, em Macaé onde tinha familiareses

O traficante Rogério Rios Mosqueira, 32 anos, o Roupinol, era considerado pela polícia o maior distribuídor de cocaína do estado do Rio e estava sendo investigado há mais de cinco anos. Ele foi morto durante confronto com policiais civis numa operação no Morro São Carlos, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio, nesta manhã. O sepultamento do jovem deve acontecer amanhã, no município de Macaé, onde ele tinha familiares, na comunidade das Malvinas. O clima na cidade é de tensão e muita expectativa. Em cinco bairros de Macaé, o comércio ficou fechado nesta terça. Escolas de três bairros do município também não estão funcionando. O policiamento na cidade foi reforçado. Roupinol respondia por mais de 28 mandados de prisão.
A polícia espera que, com a morte de Roupinol, a entrada de grandes quantidades de drogas seja dificultada. “Ele era um expoente dentro da facção, por ser o principal fornecedor de cocaína do estado. Agora, nosso trabalho é impedir que outros ocupem o lugar dele”, completou o delegado Rodrigo Oliveira, diretor da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

2 comentários:

orlando disse...

moreu tarde,matou inosente tem que morrer ?
graça a deus que os policial saiu sem ser ferir .....

Anônimo disse...

não desejo a morte de ninguém,ele era serumano tbm,eu tenho pena dessas pessoas que entran para trafico pq o final é muito triste,e quem sofre é a familia!!!!!!!
não atire a primeira pedra pq o mundo da volta!!!!!